Documento sem título

Prof. Suzuki
professorsuzuki@gmail.com
-------------------------------
»Humildade e Arrogância
visitas: 1036
»Elogie a dedicação
visitas: 763
»Provérbio japonês
visitas: 982
»Eu leio você!
visitas: 503
»Compras!
visitas: 402
»4 VERBOS QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA VIDA
visitas: 1575
»Professor quanto tirei na prova?
visitas: 1426
»Caranguejos
visitas: 966
»A vaca e a águia
visitas: 1599
»Motivação pela Realização
visitas: 1452
»Início das aulas
visitas: 659
»Motivação!
visitas: 1519
»O VALOR DO CONHECIMENTO
visitas: 1741
»A importância da disciplina
visitas: 1204
»Sair da caverna
visitas: 1213
»Discurso de formatura
visitas: 4286
»Coloque na balança o ano de 2010
visitas: 727
»Como controlar o seu dinheiro!
visitas: 1171
»A fórmula do fracasso!
visitas: 1246
»Determinação
visitas: 1512
»A meta deve ser SMART e não EM MARTE!
visitas: 1042
»VÍCIO DA LEITURA!!!
visitas: 1086
»Quatro estilos de alunos
visitas: 2155
»Necessidade positiva e negativa
visitas: 973
»Perseverança e Comprometimento
visitas: 2048
»Uma boa notícia para 2010
visitas: 823
»Horas vagas
visitas: 1345
»Trabalhar sob pressão
visitas: 1565
»Estar bem na foto
visitas: 1566
»Amor e tolerância
visitas: 1717
»A motivação e as metas
visitas: 2135
»Download no cérebro
visitas: 1746
»As cinco linguagens do amor
visitas: 1707
»Por quê alguns têm sucesso?
visitas: 1801
»Auxilio nas dificuldades
visitas: 1123
»Ligar os pontos
visitas: 1464
»Como gostar de estudar
visitas: 2633
»Como ter um bom atendimento
visitas: 1420
»O segredo do fracasso nos estudos
visitas: 1975
»Afinidade, Aptidão e Talento
visitas: 1483
»Tentações
visitas: 1168
»Comece na Unama o seu voo mais alto
visitas: 1190
»O sabor da vitória
visitas: 1777
»O que fazer nas filas em 2009.
visitas: 892
»O QUERER E REALIZAR EM 2009!
visitas: 1336
»Nós falamos com nossas atitudes!
visitas: 1399
»Três problemas dos estudantes
visitas: 2121
»Não fracassarei nem desanimarei!
visitas: 1598
»Escrever e ler!
visitas: 1274
»O otimista e o pessimista
visitas: 1935
»TREINO, TREINO E TREINO
visitas: 1350
»Sucesso e Felicidade!
visitas: 2158
»Olimpíadas e Estudos
visitas: 1469
»Olimpíadas de Pequim 2008
visitas: 1195
»Pipas e Filhos!
visitas: 1518
»Como administrar o tempo?
visitas: 1834
»VIOLÊNCIA
visitas: 1303
»Visite a Biblioteca
visitas: 1834
»Precisamos de novos desafios!
visitas: 1670
»Necessidade de estima
visitas: 4033
»Relacionamento Professor e Aluno
visitas: 2735
»Pai legal ou pai chato?
visitas: 2089
»Um bom professor e um bom estudante!
visitas: 2589
»Miopia em Networking
visitas: 1389
»O Balão a gás
visitas: 1884
»Como arrumar um emprego
visitas: 2486
»Ano Novo com novos propósitos!
visitas: 1453
»Tô Feliz!
visitas: 1375
»Shampoo de Pensamentos Positivos
visitas: 2677
»Uma árvore plantada no vaso!
visitas: 1924
»Um dia para lembrar
visitas: 1777
»DEDICAÇÃO, CONCENTRAÇÃO E DISCIPLINA
visitas: 2169
»O poder das palavras
visitas: 2349
»Não desanime nunca
visitas: 2113
»Professor, o que vai cair na prova?
visitas: 2353
»Como preparar um discurso de formatura
visitas: 6606
»Aluno inteligente ou aluno disciplinado?
visitas: 2253
»Satisfazer ou encantar o cliente?
visitas: 1946
»SAUDADES......
visitas: 1795
»A TV e o Livro
visitas: 1882
»APROVEITE O TEMPO NA UNAMA!
visitas: 1466
»Existem amigos e amigos...
visitas: 2069
»Feche seus olhos
visitas: 1488
»Ai que preguiça!!!
visitas: 1973
»Prazo de Validade
visitas: 1205
»Aula tradicional x aula moderna
visitas: 2682
»Aula da saudade em Redenção
visitas: 2701
»Diferença entre Profissional e Amador
visitas: 2431
»Homenagem ao professor Guarany Júnior
visitas: 2324
»Ensino e Aprendizagem
visitas: 1343
»O exemplo do ITA
visitas: 1685
»31 de dezembro de 2006
visitas: 1181
»Você fez o seu melhor?
visitas: 1439
»Meu prato preferido!
visitas: 1262
»Que é isso, mamãe?
visitas: 1143
»O chá do sucesso!
visitas: 1677
»Quando aprendemos com nossos fracassos
visitas: 1714
»Pianos e Sapatos
visitas: 1439
»Aula da saudade
visitas: 4220
»O que você faria se pudesse voltar no tempo?
visitas: 1860
»Discurso de formatura Proead – Parauapebas – Setembro 2006
visitas: 3480
»Por favor papai, picolé
visitas: 1335
»Lições de meus amigos
visitas: 1856
»Coloque em prática seus sonhos
visitas: 1467
»Ser professor ou estar professor?
visitas: 2284
»Altos e Baixos
visitas: 1330
»Você é Pedro ou Paulo?
visitas: 1367
»Quais as conseqüências da cola?
visitas: 1918
»“Dicupa” mamãe
visitas: 1462
»LEIA AGORA, NÃO DEIXE PARA DEPOIS!
visitas: 2598
»Professor “pegue leve na prova”
visitas: 2067
»O Estudo e o Exercício Físico
visitas: 1816
»Criticar ou elogiar?
visitas: 1833
»Conhecimento velho, conhecimento novo
visitas: 1907
»BEM-VINDO À UNAMA
visitas: 1556
»O primeiro dia de aula na faculdade
visitas: 2678
»Você é Otimista ou Pessimista?
visitas: 1712
»Feliz Ano Novo com Paz, Saúde e Prosperidade!
visitas: 1820
»Ao final do semestre
visitas: 1588
»Disposição para Aprender
visitas: 1799
»Influência Positiva ou Negativa?
visitas: 1935
»Um novo semestre!
visitas: 1263
»Como adquirir um bom hábito?
visitas: 2334
»Carregar as baterias
visitas: 1156
»A necessidade de abrir a porta
visitas: 1822
»Como ser bem sucedido nos estudos
visitas: 2136
»Como utilizar o Marketing Pessoal?
visitas: 2301
»Enganar ou ser enganado?
visitas: 1615
»A dificuldade de reconhecer nossos erros
visitas: 1904
»Por que perseverar ?
visitas: 2047
»O bom uso do tempo
visitas: 3722
»Dois caminhos
visitas: 1574
»Leitura como fonte e sede de conhecimentos
visitas: 2276
»O valor da perseverança
visitas: 1861
»Motivação Interna para calouros e veteranos
visitas: 1865
»Conhecimento ou nota?
visitas: 2011
»Atitude mental positiva
visitas: 2199
»Discurso de Formatura Cesfe– Janeiro de 2004
visitas: 4985
Documento sem título
Discurso de formatura
____________________________________________________________________________

Saudação – Magnífico reitor da Universidade da Amazônia, prof. Antonio de Carvalho Vaz Pereira, o qual cumprimento todos os digníssimos mesários. Prezados colegas professores, colaboradores da instituição, senhoras e senhores, caríssimos concluintes, boa tarde.
Quando recebi o comunicado pelo prof. Ilmar de que havia sido escolhido como paraninfo geral desta colação de grau, o primeiro sentimento foi de alegria por este grande privilégio. Em seguida, senti o peso da responsabilidade, pois diante de tantos paraninfos ilustres escolhidos pelas diversas turmas de Administração, Ciências contábeis e Tecnologia em Processos Gerenciais, recebi a incumbência de proferir este discurso.
Quero me dirigir a vocês que nesta tarde colam grau, coroando a conclusão de um curso superior, para muitos, a realização de um sonho!
Você deve se lembrar da sua trajetória acadêmica, da alegria do vestibular, das primeiras aulas, dos primeiros contatos com os novos colegas na Unama. Tudo isso agora faz parte das lembranças que ficarão guardadas na memória.
Hoje você sente esta alegria, mas durante a caminhada acadêmica, você deve ter passado por algumas dificuldades. Para alguns a dificuldade de falar em público e ter de apresentar trabalhos. Para outros, as dificuldades dos cálculos nas aulas de administração financeira, contabilidade de custos entre outros.
Enfim, agora que você já passou em todas as disciplinas e olha para traz, tudo parece fácil.
Salomão, o homem mais sábio deste mundo já dizia “o fim de todas as coisas é melhor que seu inicio” Livro de Eclesiastes 7:8
A todos vocês, parabéns! Parabéns pela vitória, parabéns pela conquista, é uma sensação muito agradável do dever cumprido. Solicito aos concluintes e seus queridos pais que se levantem para receber uma calorosa salva de palmas pela vitórias de vocês, parabéns! Muito bem, podem se sentar.
Lembre-se que ao concluir uma etapa na sua vida, você está iniciando uma nova jornada. A jornada profissional.
Assim, hoje é o inicio de mais um novo desafio, a conquista do seu espaço no mercado de trabalho.
O início desta caminhada, não será fácil, vocês terão de enfrentar novos desafios, mas não desistam, o segredo para chegar no destino é não parar no meio do caminho.
Aproveito este momento para relatar duas experiências pessoais, uma positiva e outra negativa, em ambas eu tirei uma lição. Relato estas experiências não porque me julgo um modelo para vocês, mas porque acredito que as lições que aprendi, poderão ser úteis para vocês no futuro. Inteligente é aquele que aprende com os erros dos outros.
Primeiro, a experiência positiva. Estudei Administração na Unama, na época em que o curso funcionava no campus Quintino. No primeiro ano fui agraciado com o prêmio anual de curso, concedido ao aluno que obtêm a maior média, isso foi em 1998.
A experiência de ganhar o prêmio anual se repetiu no segundo até o terceiro ano quando obtive uma média geral de 9,98. Os prêmios são entregues por ocasião da formatura e me lembro que o Dr Edson Franco fez um discurso dizendo que havia um aluno do curso de direito que tinha perdido o tão sonhado prêmio Unespa, pois havia deixado de ganhar o prêmio anual no último ano. (a condição para receber o prêmio unespa, é que o aluno deve ganhar o prêmio anual todos os anos do curso)
Quando eu ouvi isso, disse para mim mesmo, a única forma de garantir o prêmio Unespa seria tirar 10 em todas as matérias no último ano. Aprendi na prática a importância de se ter uma meta específica e acreditar nela. Estudei com dedicação e atingi minha meta. Fiquei tranqüilo porque estava garantido o primeiro lugar, o que poderia ocorrer seria empatar com outro aluno que tirasse 10 na média geral.
Tenho muito orgulho desta conquista, não no sentido de ser o melhor, mas o orgulho de ter acreditado no meu potencial. Quando atingimos nossas metas, aumentamos nossa auto-estima e autoconfiança.
Agradeço e exalto a Deus porque Ele é a fonte de toda a sabedoria.
Agora a experiência negativa, ela está relatada no site do núcleo de ensino a distância da Unama (www.nead.unama.br) (inclusive este discurso já está publicado nele)
Em maio de 2010, alguns alunos do curso de Administração haviam solicitado que fizesse uma palestra sobre desenvolvimento sustentável, que fazia parte da avaliação da disciplina da profa Rossi.
Neste período tivemos uma greve de ônibus e cheguei a pensar que o evento seria adiado. Por excesso de confiança não me preparei devidamente.
Há um ditado que diz “do nada não sai nada”. Resultado: a palestra foi um desastre total. Eu me senti um fracasso, foi uma sensação horrível.
Escrevi no artigo: Hoje ao refletir sobre o ocorrido, a conclusão que chego é que apliquei a fórmula do fracasso, ou seja, a união da autoconfiança com a falta de preparo. Eu confiei na minha habilidade de falar em público e por esta razão, não me preparei devidamente para a palestra. Quando comecei a proferir, percebi que não tinha conteúdo suficiente para dar prosseguimento a uma linha de raciocínio lógico.
Esta experiência trouxe-me uma grande lição, ou seja, a importância de ser humilde e preparar-me devidamente para uma atividade, seja ela, uma palestra, um curso, ou uma aula.
Aprendi que tenho que respeitar os ouvintes, oferecendo-lhes o meu melhor. Como escreveu Claudio de Moura Castro, não existe improviso, o que existe é o preparo
Fui convidado para ministrar uma palestra em outro município e como havia experimentado o sabor do fracasso e aprendido a lição, me preparei como pude.
O preparo me ajudou a falar com segurança e a experiência foi muito diferente da anterior. Os ouvintes ficaram satisfeitos e eu também, com a sensação do dever cumprido.
A experiência do fracasso pode ser amarga, mas se você tirar uma lição, poderá aprender com ela.
Nesta nova jornada no mercado de trabalho, para alguns será tranqüila e serena, para outros, um mar revolto em ondas.
Vocês passarão por experiências doces e amargas, procurem tirar uma lição da vida.
A vida é a universidade o qual nunca irão se formar.
Seja lá o que você fizer, faça o seu melhor, trabalhe com amor, ame o seu trabalho, porque quem trabalha com amor, e ama o que faz, acaba fazendo bem feito. No mundo existem pessoas que são mais ou menos, não seja mais um mais o menos no mercado de trabalho, procure ser o melhor!
Conclusão: Steve Jobs em seu memorável discurso na Universidade Stanfort, California em 2005, relata a respeito de uma publicação que fez muito sucesso na década de 60. A publicação era “The whole Earth Catalog” (O catálogo de toda a Terra) de Stuart Brand.
Essa publicação era preparada com máquina de escrever, tesouras e câmeras Polaroid, era como o Google num formato de livro. De acordo com Jobs, era idealístico, transbordante de recursos elegantes e conceitos brilhantes.
Stuart e sua equipe publicaram a edição final em meados da década de 70. Na contracapa da edição final havia uma foto do amanhecer em uma estradinha de terra.
Em cima dessa foto haviam as palavras “stay hungry, stay foolish” “continue faminto, continue tolo” era a mensagem de despedida: Continue faminto, continue tolo. Steve Jobs menciona em seu discurso que sempre desejou isso para ele.
Continuar faminto significa ter fome do conhecimento, significa estar ávido em aprender cada vez mais e sempre. Continuar tolo significa ter uma atitude de humildade, não ter a posição do sabe tudo, é não se achar grande coisa.
Hoje eu penso que estas palavras ainda são válidas para todos nós.
Continue faminto, continue tolo.
Muito obrigado a todos vocês.
Gilberto Takashi Suzuki, paraninfo geral da colação de grau dos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Tecnologia em Processos Gerenciais. Discurso proferido no dia 21 de janeiro de 2011 no Hangar, Belém, Pará. Universidade da Amazônia. Publicado no professorsuzuki.wordpress.com

-------------------------------------------------------------------------------------------

Prof. Gilberto T. Suzuki
UNAMA – CESA
Recebeu o prêmio UNESPA em 2002

 


©2006 • UNAMA •Todos os direitos reservados